Baseado mindfulness terapia (atenção) Pode ajudar a reduzir o risco de episódios repetidos de depressão, pesquisadores relatam.

depressão

Um especialista que não estava envolvido no estudo explicou o método de mindfulness.

“A terapia cognitiva baseada na atenção plena aumenta a consciência de pensamentos e emoções que são experientes, e permite o desenvolvimento de habilidades para lidar com eles melhor”, disse o Dr.. Ami Baxi, psiquiatra que dirige os serviços de internamento no Hospital Lenox Hill, em Nova York.

No novo estudo, uma equipe liderada por Willem Kuyken, Universidade de Oxford, na Inglaterra, Ele analisou os resultados de nove estudos publicados. A investigação abrangeu um total de quase 1,300 Pacientes com história de depressão. Os estudos compararam a eficácia da terapia mindfulness em comparação com o tratamento usual para a depressão e outros tratamentos ativos, incluindo antidepressivos.

Depois de trilha 60 semana, aqueles que receberam o tratamento mindfulness eram menos propensos a recaída na depressão do que aqueles que receberam cuidados habituais, e eles tinham sobre o mesmo risco que aqueles que receberam outros tratamentos ativos, equipe relataram.

Os autores do estudo também acreditam que a terapia mindfulness pode trazer mais benefícios do que outros tratamentos para pacientes com depressão mais grave.

O estudo aparece na edição on-line 27 Abril JAMA Psychiatry.

“práticas Mindfulness não foram originalmente desenvolvido como um tratamento terapêutico”, Ele escreveu em um editorial que acompanha Richard Davidson, da Universidade de Wisconsin-Madison. “Originalmente, eles apareceram nas tradições contemplativas para cultivar o bem-estar e da virtude”, explicado.

“Questões sobre se, e como, poderia ser útil no alívio de sintomas de depressão e outras psicopatologias relacionadas são relativamente recentes, e as provas são embrionárias”, de acordo com Davidson.

Embora esta análise é a análise mais abrangente até hoje, “também levanta várias questões, e a natureza limitada das evidências existentes ressalta a necessidade crítica de mais pesquisa é feita”, Davidson concluiu.

Mas uma outra psicóloga disse que ele já está usando a terapia mindfulness em sua prática.

“I têm sido gradualmente incorporando intervenções baseadas em mindfulness no meu trabalho com crianças, adolescentes e adultos, e eu vi como ele melhorou os resultados do tratamento e bem-estar geral dos meus pacientes”, Jill disse Emanuele, psicólogo clínico principal no Instituto Mente Criança da Cidade de Nova Iorque.

Emanuele disse que há evidências crescentes de que este método oferece aos pacientes “maior consciência de suas emoções e pensamentos, ea capacidade de regulá-los e resolvê-los de forma mais eficaz”.

HealthDay, traduzido por HolaDoctor
FONTES: Ami Baxi, M.D., diretor, serviços de internamento de adultos, departamento de psiquiatria, Lenox Hill Hospital, Cidade de Nova York; Jill Emanuele, Ph.D., psicólogo clínico sênior, Instituto Mente criança, Cidade de Nova York; JAMA Psychiatry, comunicado de imprensa, Abril 27, 2016

Contacte os nossos peritos

[]
1 Passo 1
Anterior
Next

Pin It on Pinterest